sábado, 3 de novembro de 2012

Lola e o Tarô.

Olá pessoal. Desnecessário dizer o quanto acho Laerte um gênio, né? Mas a tirinha da Lola (uma das minhas personagens favoritas) de hoje me deixou pensando. Cartomanticamente.



Como já disse antes, Laerte é um gênio. 
Segue aqui a entrevista dele para o De Frente com Gabi.
Créditos da imagem: Manual do Minotauro (recomendadíssimo!)
Abraços a todos.

10 comentários:

  1. Respostas
    1. Ele é imbatível, um carinho de pessoa, mesmo.

      Excluir
  2. Olá, Emanuel. Estou aprendendo a ler tarot e queria pedir uma mãozinha. Tenho maior facilidade para interpretar as cartas quando abordam assuntos mentais, emocionais, transcendentais. Quando é na esfera material, tenho certa dificuldade, por vezes, para estabelecer uma resposta mais direta. Esses dias, tirei, para uma amiga, como exercício, 7 de Ouros, Pajem de Copas e 5 de Ouros (esta carta sei que é bastante negativa, ligada a um estado desolador). Ela perguntou se conseguiria alugar um imóvel, o qual foi anunciado faz algum tempo - e fica implícito que questiona se conseguirá que um inquilino honesto ocupe o local, não dando problemas. Eu gostaria de responder de maneira precisa, considerando, ainda, que ela cogita vender, caso não consiga alugar. Qual o quadro que as cartas, pra você, apresentam? Um quadro desfavorável? Obrigada e parabéns, novamente, pelo blog. O Laerte, aliás, é uma pessoa incrível, lúcida no melhor sentido da palavra!
    E desculpe se te incomodei, mas pretendo, de verdade, assimilar conhecimento e transmitir as mensagens com responsabilidade, desde a minha fase de aprendiz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Letycia, tudo bem? Como não tinha um email de contato, respondo por aqui mesmo, tudo bem? Qualquer coisa, depois eu apago, se você considerar pertinente. Bem, faltaram algumas informações no seu texto para eu lhe auxiliar a contento, em especial qual baralho você estava utilizando nessa leitura. Numa pergunta como essa, perceba, o contexto sim/não está implícito. Então, numa fórmula matemática simples, quanto mais cartas positivas, maior a possibilidade de um sim; quanto mais cartas negativas, maior a possibilidade de um não. Tendo um sete e um cinco de Ouros, então, já começamos a interpretar pela negativa. A consulente, pelo jeito, busca sanar questões financeiras e tem esperanças de que o dinheiro que vier da casa, seja aluguel, seja pela venda, a auxiliará. Só que não é isso que irá acontecer, ela terá problemas com o aluguel ou a venda. Ela está vendo a situação de forma muito simplista, "cor de rosa", até. Precisaríamos fazer outras perguntas ou mesmo de um jogo maior que o de três cartas para esclarecer melhor os meandros da questão mas, a priori, ela não obtém o que deseja. Seria interessante fazer mais perguntas cerceando a questão principal, para obter um panorama mais preciso.
      Um beijo!

      Excluir
    2. Bom dia Emanuel, tudo bem?

      Vim agradecer tua visita no meu blog.

      Fico curiosa em saber como um blog como o meu que fala da esducacao do meus filhos te despeertou interessae;) Interessante isso.

      Te desejo uma semana abencoada

      Abracos

      Excluir
    3. Oi Georgia. Você escreve muito bem, e sempre me leva a pensar. Acho importante ler sobre tudo, porque cartomancia é cotidiano. É vida, do cartomante, para o consulente. E você me dá uns toques muito bacanas com suas reflexões.
      Um beijo!

      Excluir
  3. Olá, Emanuel. Escolhi o Tarot of the spirit. Vou fazer o que me aconselhou, quanto à quantidade de perguntas.
    Se quiser apagar meu comentário, pode apagar, sim.
    Muuuito obrigada pela ajuda! (:
    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Letycia. Não conhecia esse baralho, muito lindo, mesmo! É difícil supor, pela iconografia, qual escola que ele segue, para eu ser mais preciso em relação às fontes que você dispõe. Não consegui pressupor uma influência, embora o naipe de Paus soe como semelhante ao do Crowley. Delineia-se influências da Golden Dawn, o que corroboraria nossa primeira conversa sobre tais cartas. Um beijo, e sempre que quiser, passeie por aqui :)

      Excluir
  4. Linnndo de morrer, né? ;) Tem muito a ver comigo. Espírito, karma, o tipo de ilustrações...
    Muita gente pede aos amigos que vão ao exterior que tragam tarots, já notei. Eu não tinha ninguém para fazer isso, aí encontrei essa loja: http://www.exoterika.com.br/. É MARAVILHOSA! E a Christine, a dona, é muito gentil. Ela entrega direitinho. Dá uma olhada. Tem vários tarots muito, mas muuuito incríveis! Aconselho até a ter cuidado, porque dá vontade de sair comprando tudo. haha
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu, na verdade, compro todos os meus baralhos na Amor, o Próprio (tem um banner na coluna lateral). Eu tenho uma relação de carinho e confiança com a Priscilla, que sempre encontra os baralhos raros que desejo. Tô até dando um tempo, de tanto que eu compro... rs!
      Mas é bom ter outros elementos de análise, como te disse; conhecendo baralhos, posso ajudar mais precisamente.
      Um beijo!

      Excluir

Quando um monólogo se torna diálogo...