sábado, 25 de fevereiro de 2012

Conversas Cartomânticas: Prem Mangla e o Valete de Espadas



E eu não gosto do Valete de Espadas. #prontofalei. Pelo menos, não gostava.

Laurence Fishbourne como Othelo e Kenneth Branagh como Iago, 

Essa é uma carta tradicionalmente relacionada à intriga, à fofoca, à maledicência e ao ciúme. O melhor personagem para representá-la é o shakesperiano Iago, da tragédia Othelo, o Mouro de Veneza. Faz de amiguinho, por inveja, e destroi sua vida e caminhos. Nem todos nós somos inocentes para sermos convencidos por alguém assim; mas, se o formos, é tragédia na certa.

Valete de Nuvens
Mente
Osho Zen

E, por essas e outras, foi uma das cartas mais difíceis até então de eu encontrar alguém para escrever - evidentemente, eu não quereria experienciar a ideia de falsidade e inveja dessa carta (alguém se voluntaria?)
Ter, porém, lido o texto da Prem Mangla me abriu os olhos para outras possibilidades. Ela tem seu lado belo, para além da sombra que eu via (engraçado notar que essa sombra tinha muito de Sombra, conforme veremos em breve). Sejamos, portanto, guiados nessa carta com a doçura própria da autora.
Mas não nos enganemos: essa carta é furiosa, e danosa a quem a encontra com inocência: ninguém quer ser um Valete de Espadas, ninguém quer se encontrar com um Valete de Espadas. E bem sabemos o que a Fada Madrinha Má fez por se achar preterida...
Contato com a autora em seu blog.

Pagem de Espadas
Witches (007)

Quando se vê a imagem de um jovem embainhando uma  espada, a primeira impressão é de alguém pronto para a luta não é mesmo? Porem a pergunta é: Quanto tempo ele levou para chegar até ali? Será que esta pronto mesmo? Que tática usará? Vindo de um jovem, podemos esperar muitas coisas, pois obedecer a um impulso ou saciar uma curiosidade não significa estar pronto, e o resultado nem sempre é positivo.

Valete de Espadas
Waite-Smith

Quando se é jovem a primeira tendência é obedecer aos nossos impulsos que não são necessariamente os mais corretos, porque estão sob influencia emocional  e as emoções de um adolescente são uma incógnita para o mais estudioso dos terapeutas. O que os leva a salvar o mundo e torná-lo bem melhor?  O que os leva a andar com os amigos e falar o mesmo idioma e se compreenderem? Não importa em que condições familiares eles crescem, adolescer é um processo grupal onde existem diferenças de idéias entre eles e seus pais ou responsáveis. 

Valete de Espadas
Universal-Angelis

Assim é o Valete de Espadas, jovem, antenado no seu mundo e nos seus interesses, por vezes se tornando um Dom Quixote querendo salvar sua Dulcineia, por outras um  Samurai, um guerreiro disputando sua honra e seu território e em outras, um lutador de Esgrima que esta absolutamente centrado em seus objetivos. Tudo para se tornar um Rei Artur diante de seu fieis cavaleiros (amigos). Atos heroicos exigem estratégias e pensamentos aguçados que tornam os feitos na base da tentativa e erro em resultados nem sempre  positivos, a experiência e o tempo transformam o mais passional dos guerreiros.

Valete de Espadas
Lenormand Tarot

Ao longo da história e do tempo podemos ver muitos Valetes de Espadas, e em nossas vidas pessoais também, muitos momentos de nossa jornada pessoal nos tornamos o Valete de Espadas. O mais famoso é o vestibulando, já observou um vestibulando em véspera de prova da faculdade escolhida? Durante o ano inteiro ele respira estudo, recebe as maiores pressões internas e externas, cobradíssimo por um resultado perfeito, já não bastava que no ano anterior lhe pedissem uma decisão da escolha de sua carreira profissional para o resto de sua vida, nossa que peso!  ; Isso é uma batalha não e mesmo? Existem os que param as festas e mergulham nos estudos e existem os que levam a vida da melhor maneira possível, apenas quando sair a lista dos aprovados, saberemos  qual a melhor estratégia. 

Valete de Espadas
Marseille Dusserre-Marteau

De um modo geral o nosso Valete em questão esta inserido na nossa rotina de vida, não importa a faixa etária, representa nossas intenções diante de uma situação, por isso atenção ao lado da lamina da sua espada, de um lado usa a inteligência e batalha por seus objetivos usando táticas super honestas , dando um passo de cada vez, para atingir suas metas.  Porém sua astúcia pode ser usada também para enganar e ludibriar, manipulando quem quer que seja até que seus objetivos sejam atingidos. É a famosa faca de dois gumes. Um lado apara as arestas da vida e encontra ajuda, o outro lado fere e muito a si e aos que o cercam, deixando rastros por onde passa. 

Valete de Espadas
Dame Fortune's Wheel

E então de que lado você usa sua espada?


Nota do editor: Em alguns baralhos, como o Lo Scarabeo, os Pajens são substituídos pelas Princesas. Existem diversas possibilidades de análise dessa perspectiva; porém, em última instância, aplica-se tanto às Princesas quanto aos Pajens os mesmos significados propostos.

Em tempo: existem dois romances, um policial e uma prosa, e uma HQ (!) que evocam essa carta. E atenção, beberrões: tem uma bebida, também. :)
Valete de Espadas, um mundo para além da fofoca. Rumor as it.

4 comentários:

  1. Essa foi boa, vamos beber e falar dos problemas, bem valete de espadas!Adorei o texto! Abraços!

    ResponderExcluir
  2. otimo o texto...perfeito como sempre!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Adorei o texto! Prem Mangla foi no ponto. Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. I'm amazed, I must say. Rarely do I encounter a blog that's
    both equally educative and engaging, and without a doubt, you've hit the nail on the head. The issue is something that too few folks are speaking intelligently about. I'm very happy I stumbled across this during
    my search for something concerning this.
    Visit my web-site :: live online casino

    ResponderExcluir

Quando um monólogo se torna diálogo...